quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Rebeldes



Nome: “Rebeldes”

Autora: Anna Godbersen

Nº de Páginas: 312

Editora: Editorial Presença

Sinopse: Rebeldes é o primeiro da série Princesas de Nova Iorque destinada a um público juvenil e eminentemente feminino. Esta história acompanha um grupo de jovens pertencentes à nata da sociedade nova-iorquina dos finais do século XIX. Elizabeth e Diana são filhas de uma das mais prestigiadas famílias. Num ambiente sumptuoso, caracterizado através da moda, dos ambientes ricamente decorados e da esplendorosa arquitectura da Gilded Age, vivem como verdadeiras princesas. Mas a verdade é que o estatuto social lhes impõe pesados sacrifícios, como acontece à primogénita, Elizabeth, cuja vida é alvo de mexeriquices e invejas que inspiram as colunas sociais da imprensa da época, mas que se vê compelida a aceitar um casamento por conveniência. Um romance escrito sob a inspiração de Edith Wharton, em que a idade da inocência é tudo menos inocente.”

Opinião: Anna Godbersen nascida na Califórnia, estudou no Barnard College em Manhattan. Depois de ter trabalhado como assistente de editora literária na revista Esquire, de ter feito críticas literárias e o suplemento literário do New York Times, vê em 2007 editada a sua obra de estreia, “Rebeldes”, que dá início à série “The Luxe”.

Destinada a um público mais juvenil, esta obra apresenta-nos um grupo de jovens nova-iorquinos pertencentes à sociedade do final do século XIX. Elizabeth e Diana Holland, protagonistas desta trama, pertencem a uma das famílias de maior renome. Contudo, quando o pai de ambas se suicida, deixa além da dor da perda, inúmeras dívidas que irão obrigar a filha mais velha, Elizabeth, a ter de casar para salvar o nome da família.

Confesso que não comecei esta obra com grandes expectativas, embora seja uma saga com opiniões positivas na sua generalidade. Somos apresentados a um mundo bastante rico, em termos de cenários e ambiente, onde nos assaltam descrições bastante bem conseguidas da classe nobre da altura.

Nesta altura, em que as aparências contam acima de tudo e onde o estatuto social traz algumas regalias, mas, ao mesmo tempo, o ter de ceder a vários desejos e ambições, somos apresentados à personagem Elizabeth, que é obrigada a enveredar por um casamento de conveniência e a colocar em causa a sua felicidade. Tenho de admitir que não me senti muito ligada a esta personagem, achei-a muito superficial e todos os seus momentos previsíveis. Desde o início do livro que previ como iria terminar a sua história, o que tornou a minha leitura mais lenta. Quanto a Diana, gostei mais desta personagem, porque era mais viva, perspicaz e alegre. Bastante inteligente, amante da leitura e do bom que a vida tem para oferecer, mas ao mesmo tempo, possuidora de comportamentos arrojados para a altura. Foi bom puder acompanhar os momentos vividos entre ela e a pessoa de quem gostava, que tal como sucede com ela, aprendemos a gostar aos poucos. Considero que contém duas personagens que não se encontram contrabalançadas, Diana, a meu ver, é bastante mais interessante, que Elizabeth, que é mais frívola e previsível, algo que me levou a não apreciar tanto este volume, quanto gostaria.

Numa escrita fluída, com descrições envolventes e mágicas, desde os salões de baile, às mansões e trajes da altura, Anna apresenta-nos duas histórias de amor impossível, que são interessantes e que nos cativam.

“Rebeldes” é, deste modo, um volume que não surpreenderá um leitor mais exigente, mas que é uma boa escolha para quem deseja passar alguns momentos de descontracção, com uma história leve, repleta de intriga, amor, traição e glamour.

Avaliação: 3/5 (Gostei!)

4 comentários:

  1. Este parece-me um livro bom para quando estamos tão stressados que só nos apetece descontrair.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É exactamente desse género, bom para descontrair, pois não exige muito de nós. :)

      Beijinhos e boas leituras

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Olá, sê bem-vinda. :)

      Também gostei da obra e fiquei curiosa com a continuação. :)

      Obrigada pela visita. Boas leituras.

      Eliminar